Últimos assuntos
» Red Sun At Morning - Monschau
Dom Ago 20, 2017 8:37 pm por Gregar

» Outer Space - New Orleans
Dom Ago 20, 2017 5:49 pm por O Desperto

» A NIGHT TO REMEMBER - Inglaterra
Ter Ago 15, 2017 11:45 am por Gregar

» Ûma - The Kraken
Sex Jul 21, 2017 6:59 pm por O Desperto

» Roger Martoreto Vicovyn
Qua Jul 05, 2017 2:59 pm por O Desperto

» Vincenzo Bocelli - Hércules
Qua Jun 28, 2017 12:39 pm por O Desperto

» J. R. R. Tolkien - Rei Arthur
Ter Jun 27, 2017 6:41 pm por O Desperto

» Ajay - Criatura ( Quíron )
Seg Jun 26, 2017 10:32 pm por Gregar

» Narcisse Bellerose - Hades
Seg Jun 26, 2017 9:55 pm por O Desperto

» Nice Adamanto - Aquiles
Dom Jun 25, 2017 11:47 pm por Gregar


Blake Wolf

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Wesker em Sex Jun 23, 2017 12:59 am
Nome:  Blake Wolf
Idade:  36
Nacionalidade/Idiomas:  Canadá / Inglês, Espanhol, Francês
Sexo: Masculino
Raça: Criatura - Lobisomem

Aparência física: Blake é um homem alto e forte, próximo dos 1,85 de altura, com cabelos prateados e olhos azuis claros, em tal tom que chegam a se assemelhar ao cinza. Seus cabelos são curtos e lisos, cobrindo até as orelhas e normalmente possui um cavanhaque com barba da mesma cor dos cabelos.  

Em seu estado híbrido o lobisomem cresce consideravelmente, chegando à cerca de 3 metros de altura. Pelos brancos se espalham por todo o seu corpo e seus olhos tornam-se vermelhos, adquirindo características lupinas e um tom sempre ameaçador. Além disso suas garras e orelhas crescem, junto com sua calda e toda a sua estrutura muscular, fazendo com que ele se assemelhe a um lobo andando em duas patas.

Em seu estado completo Blake torna-se um lobo irracional e gigante, andando em quatro patas e só respondendo à seus instintos naturais. Sua altura chega à cinco metros de altura com todas as suas características do modo híbrido crescendo exponencialmente.

Personalidade: Condizente com sua aparência, Blake é um homem mais sério, extremamente disciplinado e objetivo. Muitos podem dizer que ele é dessas pessoas mais frias por conta disso, mas seu coração é grande e acalorado, prezando sempre pelo bem e desprezando injustiças. De poucas palavras, é um pouco complicado saber o que está passando por sua cabeça, lhe conferindo um fator misterioso. É um pouco observador, digo um pouco, pois quando crava em sua cabeça que deve fazer algo, age de prontidão, sendo do tipo mais impulsivo.

Mesmo com toda essa cara de mau, Blake gosta de ter companheiros de confiança a seu redor e acredita que pode confiar suas costas a eles, confiando em seu clã e seus amigos para auxilia-lo nas lutas sempre que for necessário. Não é tímido, mas também não desperdiça muitas palavras sem motivo, gosta de achar um canto para ele, onde possa ficar tranquilo, enquanto seus companheiros e companheiras se divertem, o que pode fazer parecer que não é muito enérgico. Não é esse o caso, ele só é do tipo que escolhe onde gastar suas energias e esforços.
Sua maior motivação é poder reviver o clã dos Lincans, e poder viver em paz com sua nova família em algum lugar longínquo quando todo o caos que o mundo vive atualmente tiver acabado. Ele pensa que a guerra entre os humanos e as criaturas e deuses é algo sem sentido, que serve apenas para a matança de ambos os lados e para que o mundo se encontre em eterno caos.

História: A infância de Blake poderia ser considerada excepcionalmente normal se não fosse por um único acontecimento, o fato mais antigo de sua vida de que ele tem conhecimento. Foi encontrado ainda bebê no arquipélago ártico canadense, em meio a diversas pegadas de lobo. O que todos deduziram foi que os lobos brancos habitantes do local haviam matado os pais do menino em um raro caso de ataque desses animais, mas ninguém nunca soube dizer como o bebê acabou intacto.

Assim, aquela pequena criança de madeixas negras como a noite foi crescer em um orfanato da região e foi batizada como Blake, e por alguma sádica ironia, alguém havia determinado que lhe fosse dado o sobrenome de Wolf, Blake Wolf seria o nome da criança. Ele cresceu como uma criança normal que não tinha muita facilidade para socializar, indo para a escola com todas as outras e se esforçando para ser um bom aluno.

O tempo passou e o garoto tornou-se um homem, encontrou um emprego na força policial da cidade onde vivia e conseguiu uma casa onde permaneceu por vários anos. Tornou-se o xerife daquela cidadezinha depois de alguns anos de trabalho, naquele ponto o emprego e sua casa eram as únicas coisas que ele prezava em sua vida, um homem sem família, sem o amor de uma amante ou de filhos, talvez fosse o policial perfeito pelo simples fato de não ter nada a perder.

Blake nunca foi de reclamar de sua rotina, ele não se importava com aquela papelada e gostava de combater alguns criminosos aqui e ali, mas na sua pequena cidadezinha nunca tinha nada fora do normal. De fato, ele gostava daquela quietude, sentia que todos estavam bem, e algumas vezes percebia que sentia-se feliz ao saber que está contribuindo para que os sorrisos continuem nos rostos daquelas pessoas mesmo com toda aquela guerra que havia se iniciado no mundo.

A verdade é que ele odiava aquela guerra e tudo o que ela representava, ele sabia que os motivos de tudo aquilo iam muito além de algum idiota se achando superior e matando os outros no continente europeu. Por sorte nem mesmo a guerra parecia aguentar o frio extremo da região norte do Canadá, poucas eram as noticiais ou conflitos que chegavam até os ouvidos dos cidadãos e Blake se alegrava por isso, sabendo que o caos talvez não alcançasse aquelas pessoas.

Logo apareceram os monstros e os que se intitulavam deuses, naquela época Blake percebeu que a paz que ele tanto almejava teria de ser criada em meio a batalhas contra aqueles que pregavam o caos, fossem humanos, criaturas ou divindades, ironicamente, só o caos poderia trazer a paz. Um dia, enquanto refletia sobre essas ideias, o xerife teve uma vontade inexplicável de sair de toda aquela monotonia que havia se tornado sua vida, resolveu que poderia ser produtivo voltar pela primeira vez ao local no qual havia sido encontrado quando ainda era um bebê.

Com isso em seu dia de folga Blake rumou mais ao norte, em direção ao arquipélago ártico, com uma intensa e inexplicável vontade de descobrir sobre o seu passado, quem sabe descobrir o que realmente havia ocorrido com seus pais. Foi então que aconteceu, antes que ele pudesse perceber havia sido cercado por toda uma alcateia de lobos do ártico, aqueles mesmos que diziam serem os culpados da morte de seus pais.

Pela primeira vez ele sentia-se imóvel, sem reação, não tremia, não sentia medo e nem conforto, era como se ele se tornasse apenas uma carcaça enquanto observava todos aqueles lobos juntarem-se ao redor dele. Foi então que um se destacou, o maior deles, com grandes olhos vermelhos, o líder daquela alcateia. Seus olhos de um intenso tom carmesim encontravam-se com os de Blake e então... Tudo estava bem. Os lobos repentinamente pareciam mais amistosos, e o xerife sentia-se melhor do que nunca ao ver pelos brancos crescendo por todo o seu corpo juntamente com suas unhas e dentes. O homem então olhava para o céu e via a lua cheia brilhando no centro, e tudo aquilo tornou-se um borrão escuro em sua mente no instante seguinte.

Quando abria os olhos novamente já era manhã, e ele dormia com os lobos, suas roupas estavam rasgadas, e todos os pelos de seu corpo tornaram-se brancos, mas nada daquilo o surpreendia, ele sabia exatamente no que havia se tornado e sentia-se melhor com isso, repentinamente sua vida havia passado a fazer mais sentido do que nunca. Os lobos o entendiam, e ele entendia os animais, após passar mais alguns dias com a alcateia ele havia adquirido total controle de seus poderes.

Era então finalmente o momento de deixar os lobos, eles lhe haviam acolhido quando criança e fizeram o mesmo durante aqueles dias, mas Blake de alguma forma sabia que deveria criar sua própria alcateia, seu objetivo ali era reviver a raça dos Lycans e auxiliar na criação de um mundo de paz para que pudessem prosperar. Deixou a alcateia após um mês vivendo com estes, de algum modo, não havia perdido nem um pouco sua humanidade após este tempo.

Sabia que em sua cidade as pessoas provavelmente o haviam considerado como morto, e isso era bom, ele não pretendia voltar um dia. Sabia que se fosse descoberto ali toda a paz que havia levado àquela cidade seria perdida em instantes, ele precisava de uma nova vida, buscando a sua alcateia e sem instalar-se em um só lugar até que tudo aquilo estivesse acabado.

Inventário:

Item Mágico: Pedra Lunar
Descrição:Trata-se literalmente de um fragmento lunar que Blake conseguiu com os lobos e usa como um pingente por baixo da blusa. Assim como a própria Lua o fragmento é branco e tem capacidade de refletir a luz que é emitida contra este. Mas a característica especial é que, quando em contato com um lobisomem torna-se um potente acelerador das capacidades de cura naturais da criatura, fazendo com que esta se recupera de feridas com muito mais velocidade. O pingente é incapaz de trazer alguém de volta a vida, é capaz de regenerar membros amputados com o tempo, mas em sequência precisa de um igual período de recarga à luz do luar para que possa voltar a funcionar.

Habilidades

Licantropia Primária

Descrição: O estágio inicial da licantropia faz com que Blake se torne a clássica imagem que se tem de um lobisomem no imaginário popular. Pelos brancos crescem por todo o seu corpo juntamente com suas garras, dentes e calda, no final da transformação ele se torna um ser de olhos lupinos e assustadores, com mais de dois metros de altura, que anda de forma humanoide e possui a capacidade de falar e pensar.

Nesta forma todas as habilidades físicas de Blake são amplificadas, além do ganho de armas naturais que são suas garras e dentes. Juntamente com isso o lobisomem torna-se capaz de causar pânico nas pessoas com mentes mais fracas que estiverem ao seu redor.

Licantropia Final

Descrição: O estágio final da licantropia no qual apenas um alpha como Blake pode chegar. Nele o homem transforma-se completamente na fera, tornando-se um lobo de cinco metros de altura e com aparência feroz e assustadora.

Neste estado o lupino entra em frenesi, sendo incapaz de diferenciar racionalmente amigos de inimigos. Tudo o que ele possui são instintos, que como o dos lobos, fazem com que ele consiga saber quem são os membros de sua alcateia e quem é o inimigo. Neste modo todas as habilidades passivas do lobisomem são fortemente amplificadas, tornando-o numa verdadeira máquina de destruição.

Blake só consegue sair desse modo quando fica inconsciente ou quando as coisas se acalmam, e o mesmo pode entrar neste  estado sempre que julgar necessário ou quando perder o controle em um grande surto de raiva ou de dor.

Agilidade Bestial

Descrição: É uma habilidade passiva adquirida por Blake após o despertar. Graças a licantropia seu metabolismo tornou-se mais acelerado, fazendo com que os músculos de Blake se adaptassem a grandes velocidades mesmo em sua forma humana. Graças a esta habilidade o lobisomem tem sua agilidade amplificada mesmo na forma humana, podendo nesta correr na mesma velocidade que um corredor olímpico em seu auge. Tal habilidade não se aplica apenas a corridas, mas também aos reflexos, tempo de resposta e velocidade de raciocínio, até mesmo o equilíbrio de Blake foi melhorado graças a essa característica.

Força Bestial

Descrição:Ao despertar, Blake não só liberou sua transformação na besta mítica lupina, como também se tornou um próprio filho da lua mesmo em sua forma humana, por conta disso várias de suas características físicas foram melhoradas. Uma dessas é bem aparente, sua força sobre humana, onde supera os limites dos humanos comuns em qualquer tipo de tarefa nesse quesito. Ele pula mais alto, bate mais forte, levanta mais peso, literalmente como se fosse um super herói dos quadrinhos que as crianças leem por aí.

Resistência Bestial

Descrição:Outra característica de filho da lua que o homem já demonstra mesmo em sua forma humana, é sua resistência superior, pode ser pela própria constituição física, as resistências de sua musculatura, pela sua pele ter ficado mais grossa. O fato é, Blake se tornou alguém que aguenta o tranco. Ele se fere com menos facilidade, resiste melhor aos ferimentos e suporta danos que seriam letais para humanos comuns; Tal resistência também se aplica ao cansaço físico, que tem um efeito bem menor no licantropo.

Sentidos Bestiais



Descrição:Todos os sentidos de Blake foram aguçados, seu olfato em especial, mas os demais já superam também os de humanos comuns. Em sua forma humana, Blake no quesito sentidos é como se fosse um lobo comum, porém quando transformado as suas proezas a depender deles são potencializadas.

O Lobo Alfa


Descrição: Blake é o lobisomem original, o filho agraciado da lua e como todo lobo ele é capaz de reunir sua alcateia. Porém ele é o alfa de uma alcateia não tão convencional, Blake tem a capacidade de transformar humanos comuns em lobisomens impuros, que só alcançam a Licantropia Primária, perdem o controle quando transformados e somente viram bestas quando ordenados, sob a lua cheia ou em picos emocionais. Eles possuem todas as capacidades físicas que o próprio Blake também possui, porém em uma magnitude menor, superiores aos humanos ainda assim. Para conceder o dom da licantropia para um humano, ele deve fazer com que bebam seu sangue e depois mordê-los enquanto transformado em uma de suas formas bestiais e atualmente ele apenas consegue conceder o dom a 3 pessoas ao mesmo tempo, sendo o único capaz de passar o dom adiante.

Uivo da Reunião



Descrição: Os lobos e suas alcateias são animais muito unidos, não seria diferente com a alcateia de Blake. Com esta técnica o lobisomem reúne energia e a transforma em um uivo capaz de percorrer muitos quilômetros até que consigam alcançar os ouvidos aguçados e mais atentos de sua alcateia. A técnica é capaz de percorrer uma cidade grande inteira, e pode ser usada tanto pelo alfa quanto pelos impuros.


Última edição por Wesker em Sab Jun 24, 2017 12:26 am, editado 1 vez(es)
Mensagens : 8

Data de inscrição : 23/06/2017


Status
Raça:
HP:
1000/1000  (1000/1000)
Exp: 0/1000
Ver perfil do usuário
avatar
Criatura

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por O Desperto em Sex Jun 23, 2017 10:14 pm


Ficha Aceita



   

We should never try to deny the beast – the animal within us.



Mensagens : 27

Data de inscrição : 18/06/2017


Status
Raça: dasdsad
HP:
1000/1000  (1000/1000)
Exp: 0/1000
Ver perfil do usuário http://odespertar.forumeiros.com
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum